Política

Nova Espécie Brasileira: o Tucano Lula-Lemann

Robson Cristian
Escrito por Robson Cristian em 21 de fevereiro de 2020
Nova Espécie Brasileira: o Tucano Lula-Lemann
Junte-se aos olavetes

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos com prioridade

O Brasil tem uma fauna como nenhuma outra no planeta. De vez em quando, encontramos até novas espécies em nossa mata.

A mais recente é uma tal de Tucano Lula-Lemann. A classificação foi fácil porque as características do animal estão claras: coletinho no estilo Faria Lima e a típica cara acabada do nine fingers.

Apenas um fato dificultou a equipe de biólogos: o animal fala como um papagaio e repete todos os clichês globalistas.

Dizem fontes, que os cientistas fizeram um drink game com as palavras “mudanças climáticas” e “seiláoquê-fobia”. Todo mundo ficou bêbado.

Numa situação curiosa, o tal tucano (único da espécie, por enquanto) foi à Suíça para se promover como um futuro “presidente da selva” brasileira.

Isso não é tão estranho já que ele cogitou isso em 2018, mas desistiu por medo do Leão do Vale do Paraíba.

Uma outra característica desse tucano é o seu apreço por animais que já passaram em zoológicos.

E, também sua gravíssima hipocrisia:

Olha como ele fala sobre “decência”, não péra…

O papo furado é especialidade dessa espécie. Não se deixe enganar.

Esse artigo foi útil para você? Gostaria de conteúdos ainda melhores?

Por menos de 1 real por dia, você tem acesso ao nosso Clube de Leitura, onde terá ajuda para estudar as grandes obras de política, cultura, literatura e arte, e participará de um grupo de pessoas com os mesmos interesses intelectuais. Faça sua assinatura anual por R$ 290. Teste 7 dias grátis.

Quer ajudar o site Olavete de outra maneira? Colabore conosco pelo Apoio Coletivo, APOIA.se ou Patreon.

Conheça também a Livraria Olavete, recém lançada e com grandes promoções de inauguração.

Clube de Leitura

Hey, olavete!

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *