Cultura

Destro: A HQ Brasileira De Direita Que Bateu 4,86 Vezes A Meta de Financiamento Coletivo

Robson Cristian
Escrito por Robson Cristian em 6 de dezembro de 2019
Destro: A HQ Brasileira De Direita Que Bateu 4,86 Vezes A Meta de Financiamento Coletivo
Junte-se aos olavetes

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos com prioridade

Quem acompanhou o Olavete nos últimos dias, deve ter pensado que estamos virando um site sobre quadrinhos. Adoramos a nona arte, mas foi apenas uma coincidência publicarmos duas matérias seguidas sobre o assunto.

Nessa semana, escrevi sobre a excelente tirinha True Outstrips, criada pelo Giorgio Cappelli, e agora contarei um pouco sobre o fenômeno Destro, a HQ que fez quase 5 vezes sua meta de financiamento coletivo!

Destro HQ Catarse

Afinal, sobre o que é essa tal Destro?

“O mundo está vivendo finalmente a distopia orwelliana que sempre perseguiu: as três maiores empresas de tecnologia do planeta manipularam resultados, big data, pesquisas e redes sociais para promoverem a ideologia esquerdista. Eles queriam o controle do planeta para se tornarem os verdadeiros donos do mundo. Nesse sentido, o Estado é tudo! E agora o Estado são eles. E eles são tudo!

(…)

Mas um homem, um único homem, decide nadar contra a corrente. Numa São Paulo destruída pelo socialismo, ele vive à margem da lei, perseguido pelos agentes do Estado, enquanto procura nas ruínas os últimos registros de autores de direita. O sonho de João Destro é reproduzir aquela literatura libertária em larga escala, nas redes. Perito na arte da sobrevivência, ele vai enfrentar o verdadeiro Leviatã: a ditadura digital globalizada. Como ele vencerá os gigantes?”

https://www.catarse.me/destro

Infelizmente, conheci a HQ após o fim do seu financiamento coletivo (um dia depois, na verdade) e não consegui ajudar na divulgação dessa fase. Apesar disso, trago aqui a minha contribuição – uma entrevista com os autores, matando um pouco da curiosidade sobre os bastidores da obra.

Como surgiu a ideia do quadrinho?

O quadrinho é um filho urgente da época em que vivemos. Chegou a hora de combatermos a hegemonia da esquerda nas artes, na mídia, no entretenimento. E a cena dos quadrinhos no Brasil é amplamente dominada por progressistas, como em toda área cultural. Na verdade, era! Recentes acontecimentos de patrulha e perseguição por parte de esquerdistas acabou revelando um grande número de quadrinistas que estavam escondidos, com medo de revelar seus posicionamentos políticos. Então, Destro chega para sinalizar essa mudança, o fim do discurso único.

Quem são os criadores e o que fazem no Destro?

Ed Campos é responsável pelos roteiros e criação do personagem e Michel Gomes é o artista que faz as belas imagens que todos amamos.

Quais são as influências políticas e culturais de vocês para a criação dessa obra?

Muitas influências, mas basicamente Mises, Rothbard, Hayek, Scruton, David Horowitz, Olavo e no Brasil, Flávio Gordon e Roberto Motta. Nos quadrinhos, Frank Miller, Jeff Lemire, Jim Steranko e Paul Gulacy.

Como foi o processo de divulgação do crowdfunding?

Foi basicamente feito pelas redes sociais, sem impulsionamento – pois nossa audiência sempre esteve muito engajada e interativa. Também tínhamos um mailing que foi sendo alimentado durante esses primeiros meses.

O que vocês acharam do resultado do crowdfunding?

Foi sensacional! Batemos a meta inicial nas primeiras 24 horas e quase quintuplicamos o valor. Mostrou a força dos leitores e fãs de conteúdo conservador e livre no Brasil. Chegamos para ficar, não tem mais volta! Essa é a razão do desespero da esquerda. Somos muitos e somos fortes! Abraço e obrigado pelo espaço.

A nona arte é um campo popular da batalha cultural e o pessoal da Destro está fazendo um trabalho muito importante. O resultado final ainda não conhecemos, mas tem tudo para ser ótimo!

Esse sucesso no financiamento coletivo mostrou que os conservadores brasileiros estão com sede de HQs de alta qualidade e distantes do progressismo comum dessa mídia. Como dizem, #ficadica aos artistas!

E aí, você já conhecia a Destro? O que achou desse quadrinho?

Esse artigo foi útil para você? Gostaria de conteúdos ainda melhores?

Por menos de 35 centavos por dia, você tem acesso ao nosso Clube de Leitura, onde terá ajuda para estudar as grandes obras de política, cultura, literatura e arte, e participará de um grupo de pessoas com os mesmos interesses intelectuais. Faça sua assinatura anual por R$ 127

Quer ajudar o site Olavete de outra maneira? Colabore conosco pelo Apoio Coletivo, APOIA.se ou Patreon.

Conheça também a Livraria Olavete, recém lançada e com grandes promoções de inauguração.

Hey, olavete!

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Destro: A HQ Brasileira De Direita Que Bateu 4,86 Vezes A Meta de Financiamento Coletivo”

Giorgio Cappelli

Adorei!!! Por mais artistas conservadores saindo do armário!

Benicio C. Galvão

Cara, temos muito potencial e poderíamos ter o maior acervo de trabalhos em quadrinhos do mundo. Quero acompanhar essa produção mais de perto!